Domingo
20 de Agosto de 2017 - 

Acesso do Usuário

Notícias

Newsletter

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Ministra Cármen Lúcia destaca abertura do Judiciário ao cidadão nos 15 anos da TV Justiça

No ar desde 11 de agosto de 2002, a TV Justiça, emissora do Judiciário, com sede no Supremo Tribunal Federal, foi a primeira no mundo a transmitir sessões de julgamentos da Suprema Corte e a primeira a contar com uma programação de 24 horas dedicadas ao Poder Judiciário de um país. A iniciativa, até então inédita em uma corte constitucional, chamou a atenção de observadores internacionais. A transmissão dos julgamentos, ao vivo e sem cortes, inspira, anos depois, iniciativas semelhantes em países como Reino Unido e México. A presidente do Supremo Tribunal Federal, ministra Cármen Lúcia, compara a realidade brasileira com a de outras cortes internacionais. “Há muitos tribunais que não permitem, sequer, o acesso – a não ser do advogado da parte – aos locais onde se dão os julgamentos”, afirma. “No caso brasileiro, a Constituição de 1988 inaugurou um período de abertura para que o cidadão soubesse dos seus direitos. E a TV Justiça vem traduzindo essa abertura”. Além dos jornais diários, os programas da emissora integram mais de cem horas semanais na grade de programação. São 20 produções próprias e outras 30 de parceiros de todo o Brasil – entre tribunais estaduais e entidades ligadas ao Poder Judiciário. As gravações já somam mais de 21 mil horas de arquivos, acumuladas ao longo dos últimos 15 anos. Com informação e transparência, as 24 horas de programação diária permitem fortalecer a democracia e ampliar o conhecimento do cidadão, que passou a entender melhor o funcionamento do Judiciário e a debater assuntos jurídicos de grande relevância no cenário nacional. O Supremo Tribunal Federal também foi a primeira corte no mundo a possuir canal oficial no site de compartilhamento de vídeos YouTube. Desde 2008, o canal amplia exponencialmente a visibilidade das transmissões da TV Justiça. E, em 2010, a criação do Ponto Jus, canal educativo da TV Justiça, consolidou a vocação da emissora de contribuir para a ampliação da cidadania por meio da educação. Durante a semana de comemoração do aniversário de 15 anos da TV Justiça, os programas apresentam edições especiais que contam a trajetória do canal. Também será exibida uma série de quatro documentários produzidos em comemoração à data, mostrando seu dia-a-dia por trás das câmeras da TV Justiça, seus desafios, sua evolução e seu legado. A primeira parte do documentário dos 15 anos da TV Justiça já está disponível na internet (confira abaixo). As próximas edições inéditas serão exibidas todos os domingos de agosto, às 22h.
11/08/2017 (00:00)
Visitas no site:  705968
© 2017 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia